25/05/2020

FLÚOR NA PASTA DE DENTE DO MEU FILHO, PRECISA OU NÃO?

⠀⠀⠀Uma das dúvidas que mais ouço as mamães e papais perguntarem na clínica é sobre a pasta de dente das crianças.

⠀⠀⠀Apoiada nas evidências científicas mais atuais as pastas de dentes das crianças DEVEM sim ter flúor, e deve ser utilizada como um medicamento,prescrito pelo Odontopediatra, a partir do irrompimento do PRIMEIRO dente.

⠀⠀⠀A concentração mínima é de 1000 ppm de flúor, para que tenha a função de proteger os dentes, o que devemos nos atentar é em relação  a quantidade e frequência de sua utilização, que irá variar de acordo com a idade/peso da criança e sua rotina alimentar.

⠀⠀⠀Muitos profissionais da área da saúde, que trabalham com os cuidados de bebês e crianças acabam erroneamente indicando pastas sem Flúor, inclusive muitas marcas no mercado induz o consumidor leigo que as pastas sem flúor são as melhores opções, no entanto a ABOPED - Associação Brasileira de Odontopediatria, Sociedade Brasileira de Pediatria, Ministério da Saúde, AAPD - Associação Americana de Odontopediatria e Grupo Odontopediatria Brasil RECOMENDAM o USO DO FLÚOR a partir do PRIMEIRO DENTE na prescrição correta.

⠀⠀⠀O ideal é a orientação individual para cada paciente, sempre sob orientação do Odontopediatra e nunca baseada em selos ou em informações contidas em embalagens comerciais.

⠀⠀⠀Por isso o bebê, ou criança devem passar em consulta com um Odontopediatra regularmente, para evitar quaisquer riscos à saúde bucal ou geral.

 

Dra. Bianca Zeponi Mello
Especialista em Ortodontia Mestre e Doutora pela USP em Odontopediatria
CRO 107151

Dra. Tamara Zeponi Mello
Especialista em Periodontia pelo HRAC-Centrinho USP
CRO 106800

Clínica Zeponi Mello - Odontologia e Medicina
Teleofne: (16) 98226-4720.