12/04/2019

HORA DO OURO OU GOLDEN HOUR

     É o nome dado a primeira hora da mamãe com o bebê logo após o nascimento.

     Temos uma portaria ministerial de 2014 (número 371) que recomenda que todo recém nascido saudável independente do tipo de parto, seja colocado de imediato em contato pele a pele com a mãe.

     Esse primeiro contato reduz o risco de hipotermia e de desconforto respiratório.

     É o momento propício para a primeira mamada pois o recém nascido está alerta e é mais habilidoso.

     A primeira amamentação na primeira hora do pós parto estimula os níveis do hormônio ocitocina, reduzindo o risco de hemorragia pós parto e favorecendo o reflexo de ejeção do leite.

     Além disso, o contato pele a pele faz com que o recém-nascido seja colonizado com as bactérias saprófitas (do bem) da mãe, ao invés  das bactérias hospitalares.

     Não importa o tipo de parto, temos que oportunizar o contato e a primeira amamentação.

     Por que é tão importante? Porque depois dessa primeira hora o bebê entra num período de sono que pode durar de 6 a 8 horas. Não se preocupe, o bebê tem reservas capazes de mantê-lo bem, sendo desnecessário o uso de fórmulas.

     Amamentar na primeira hora de vida é um direito do recém-nascido. Converse com a equipe de saúde que vai assistir seu parto para garantir a “Hora de Ouro".

     A maioria dos procedimentos médicos  realizados no recém-nascido nem sempre são necessários e podem esperar.

     A melhor boas vindas que você pode dar ao seu filho é através da hora de ouro, que vai fazer toda a diferença tanto no vínculo afetivo como na amamentação.

 

 

Quer saber mais sobre amamentação? Fale com uma consultora de amamentação!
Eu sou Maria da Graça Endres, enfermeira, consultora em amamentação e pós graduanda em Aleitamento Materno.